Novidades

Refis da Covid

Foi aprovado pelo Senado no dia 5 de agosto de 2021 o projeto conhecido como “Refis da Covid”, que tem o objetivo de incentivar a regularização de dívidas tributárias de empresas e de pessoas físicas.De acordo com a proposta, os interessados terão até 30 de setembro deste ano para aderir ao programa. As condições para a regularização das dívidas tributárias

Ler mais

Gastos da empresa com a LGPD podem gerar créditos de PIS e COFINS

          Nestes tempos em que toda economia é bem-vinda, surge mais uma oportunidade de redução da carga tributária para as empresas que estão adequando-se à Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD. Recentemente a Justiça Federal garantiu a uma empresa de vestuário a possibilidade de descontar créditos de PIS/COFINS com os gastos por conta da LGPD.   Além do que

Ler mais

Impostos federais em atraso podem ser negociados

Por conta dos impactos da pandemia, pessoas físicas e jurídicas podem negociar dívidas de 2020 até junho MARÍLIA ALMEIDA Repórter da Exame COMPARTILHE NAS REDES SOCIAISGUIAINVISTA 3MIN Pessoas físicas e jurídicas podem negociar, até junho, dívidas relacionadas a impostos federais vencidas no período de março a dezembro de 2020. A modalidade estará disponível para adesão até às 19h (horário de Brasília) do

Ler mais

Direitos trabalhistas e previdenciários são insuficientes para pessoas com Síndrome de Down

Arthur Gandini, do Portal Previdência Total  Samuel de Carvalho, 31 anos, é formado em administração e possui hoje duas metas para a sua vida: retornar ao mercado de trabalho e se casar com a sua noiva, Isabela Fernandes, 31 anos. A dificuldade para Samuel é maior por conta dele, assim como a sua companheira, ser uma pessoa com Síndrome de

Ler mais

Direitos Trabalhistas na fase vermelha

A advogada Kelly Cristina Nogueira dos Santos, especializada em Direito do Trabalho, da Saito Associados, foi entrevistada pelo Programa Nosso Direito em Ação, comandado pelo advogado Leopoldo Luis Lima Oliveira, para explicar a Relação de Trabalho e as restrições impostas pelo Governo Estadual de São Paulo em virtude da pandemia de COVID-19. Confira:

Boate acusada de racismo é condenada depois de denúncia

Confira a reportagem “Boate acusada de racismo é condenada depois de denúncia”, veiculada no dia 1/10/2017, no Domingo Espetacular, da Rede Record, em que nossa advogada Fernanda Azzolin falou sobre Relações de Consumo e a proibição de entradas de acordo com algumas características pessoais em Casas Noturnas. Prática comum em casas noturnas das grandes cidades virou assunto de polícia. Os

Ler mais

ISS na base de cálculo da PIS/Cofins

Artigo da advogada tributarista da Saito Associados, Sheila Damasceno de Melo Vêga, publicado no jornal DCI O imposto não pertence a empresa, sendo assim, inclui-lo na base de cálculo fere código Por Sheila Damasceno de Melo Vêga, advogada tributarista da Saito Associado O Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), que é devido ao município, não deveria integrar a base de cálculo das

Ler mais

TST confirma validade de negociação coletiva em caso de divisão de férias

Entrevista da advogada Andreza Nascimento Bizzim especialista em Relações do Trabalho da Saito Associados, ao jornal DCI.   Especialistas afirmam que a Corte tem se aberto mais para flexibilizações em meio à reforma trabalhista, desde que seja afastada qualquer possibilidade de que o empregado acabe lesado O Tribunal decidiu que o período pode ser fracionado mediante a negociação em acordo coletivo

Ler mais

Tabela Price e a taxa Selic em indenizações

Artigo publicado no Jornal Empresários em Abril de 2017   * Sergio Vieira é especialista em Direito Civil e Processual Civil da Saito Associados Recentemente o Superior Tribunal de Justiça retomou a discussão relacionada a aplicação da taxa Selic nas indenizações civis estabelecidas judicialmente. O julgamento do recurso havia sido interrompido por pedido de vista antecipado, formulado pelo ministro João

Ler mais

Justiça admite compensação de débito de filial

Tribunal de Canoas (RS) contraria jurisprudência do STJ e da Receita Federal ao permitir que a matriz de uma empresa possa usar seus créditos tributários para pagar dívidas de controladas São Paulo – A 2ª Vara Federal de Canoas (RS) entendeu que uma empresa pode usar créditos tributários para compensar os débitos auferidos por suas filiais. Segundo especialistas, a decisão

Ler mais